Ribeirão Grande

booked.net

Parque Estadual Intervales

Parque Estadual Intervales

Criado em 1995, com mais de 40.000 hectares, o Parque Estadual Intervales está inserido no Mosaico de Unidades de Conservação do Paranapiacaba, protegendo um dos maiores corredores ecológicos de Mata Atlântica do Estado de São Paulo. O Parque possui uma enorme riqueza de espécies da fauna e flora, muitas delas ameaçadas de extinção. É referência mundial no circuito de observação de aves, sendo um destino muito procurador por observadores de aves.
Além de oferecer diversos roteiros, com trilhas, cachoeiras e cavernas, o Parque Estadual Intervales possui três pousadas para aqueles que queiram ter a experiência de pernoitar dentro da Unidade de Conservação, em meio à natureza.

Centro de Visitantes; Banheiros; Piscina de pedra; Parquinho infantil; Trilhas autoguiadas; Restaurante (aberto todos os dias até às 21h30)

O Parque Estadual Intervales localiza-se no sul do Estado de São Paulo entre os municípios de Ribeirão Grande, Guapiara, Sete Barras, Eldorado e Iporanga. 

Juntamente com o Parque Carlos Botelho, Estação Ecológica do Xitué e PETAR, constituem a maior área contínua de mata atlântica do Brasil. 

Contato/Informações:

Acesso pela Estrada Municipal, km 25, Ribeirão Grande, SP.

Mapa

Como chegar no Parque

Localizado na área núcleo do Contínuo Ecológico de Paranapiacaba, o parque protege, junto com o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), o Parque Estadual Carlos Botelho, o Parque Estadual Nascentes do Paranapanema, a Estação Ecológica de Xitué, a APA dos Quilombos do Médio Ribeira e parte da APA da Serra do Mar, o segundo e mais importante corredor ecológico de Mata Atlântica do Estado de São Paulo.

Intervales tem várias atrações. Os visitantes podem fazer simplesmente uma pequena caminhada na beira de um lago, a chamada trilha auto guiada, que os levará a admirar o castelo de pedras, a capela de Santo Inácio, a espia, casa do artesão, entre outros atrativos que poderão ser visualizados, ou se aventurar por cavernas e cachoeiras, escolhendo entre mais de vinte trilhas monitoradas em meio à exuberante Mata Atlântica.

Os monitores que acompanham os frequentadores constituem uma atração à parte. Eles são da própria região e possuem um grande conhecimento prático sobre a fauna e flora locais. Alguns são procurados com grande antecedência por pesquisadores e observadores de aves de outros países devido à grande facilidade para encontrar e identificar espécimes raros da fauna.

Os maiores frequentadores internacionais de Intervales são os observadores de aves vindos da Europa e dos EUA. A preservação de espécies como a jacutinga, onça pintada, o mono-carvoeiro e outras que necessitam de muito espaço, só foi possível graças à extensa sequência de parques naturais interligados, ficando distante da costa e avançando pelas serras em variantes de altitude de 60 aos 1.095 metros.

Para os observadores de aves, Intervales tem basicamente 3 grupos de aves que podem ser avistadas: As aves que se são avistadas durante todo o ano, as aves encontradas no verão e as aves encontradas durante o inverno.

Muitos observadores, ornitólogos, fotógrafos e amantes da observação de aves, visitam o parque buscando essa ampla variedade de pássaros. O Parque hoje ultrapassa 400 espécies de aves e mais de 100 espécies de mamíferos registradas dentro do seu território.

Saiba mais sobre intervales

https://www.youtube.com/playlist?list=PLLXiRUAkcAD9uiUntuYTpwd1SmpKNRCwi

FECHAR CONTINUE LENDO

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Previsão do tempo

booked.net

Departamento de Turismo e Cultura

Rua Professora Jacyra Landin Stori, 15
Centro – Ribeirão Grande/SP

(15) 3544-8800

turismo@ribeiraogrande.sp.gov.br